Unidade Móvel atende mais comunidades
por Imprensa
Acessos: 51

Essa é uma estratégia de levar serviços mais próximos da população
Visando levar o atendimento e os serviços da saúde o mais próximo possível dos cidadãos osorienses, a PMO através da secretaria de Saúde deslocou na manhã desta terça-feira a Unidade Móvel de saúde até a comunidade da Borússia.

No local, foi realizado o atendimento odontológico e de enfermagem. À tarde, a Unidade Móvel esteve na comunidade de Arroio Grande, onde também realizou atendimentos.

O secretário Emerson Magni explica que a visita da Unidade Móvel nas comunidades, escolas e demais locais específico, já é uma rotina no município. “Através da Unidade Móvel conseguimos levar atendimento odontontológico, realizar atendimentos mais simples, fazer encaminhamentos, orientar e trocar idéias. Ficamos felizes em estar mais próximos dos osorienses”, afirma Emerson que conta com apoio do prefeito Eduardo Abrahão, do vice-prefeito Eduardo renda e da equipe da saúde.

Unidade Móvel vai às comunidades da Goiabeira e Emboaba
por Imprensa
Acessos: 61

Projeto já é uma tradição no município
Nesta terça-feira (18/6) mais uma vez as comunidades da Goiabeira e Emboaba receberam a Unidade Móvel de Saúde. A chegada do recurso junto aos cidadãos significa tranquilidade pela facilidade do acesso aos serviços básicos, contato com os profissionais da saúde, consultas e encaminhamentos.

Esse trabalho do Poder Executivo, através da Saúde demonstra a preocupação com o bem estar de cada osoriense.

O secretário de saúde, Emerson Magni ressaltar a importância desse projeto que percorre todo o município, com base em um cronograma estabelecido. “São diversas as ações e projetos da Secretaria de Saúde que ganham as ruas e visitam as casas, escolas e entidades de nossa cidade. Hoje, pela manhã, a nossa Unidade Móvel esteve realizando atendimentos na comunidade da Goiabeira e agora, na parte da tarde, estaremos visitando o bairro Emboaba”.

Magni frizou ainda que são momentos especiais, em que os profissionais da Saúde conhecem de perto a cidade e seus moradores, o que só qualifica e engrandece o já excelente trabalho realizado por eles. E na contrapartida, é a chance de todos os moradores de Osório, de contarem com serviço de qualidade, ao seu alcance, e também de falar de suas realidades. Uma troca positiva sempre.

Projeto “Samuzinho” orienta estudantes em Osório
por Imprensa
Acessos: 49

Nesta terça-feira, alunos da Osmany Martins Véras foram contemplados com os conhecimentos
Visando contribuir com a formação e a conscientização dos alunos e demais crianças e adolescentes, é executado em Osório, com atenção ao público das escolas municipais e estaduais, o projeto “Samuzinho”.
O mesmo vai até as escolas e demais segmentos por meio da parceria entre o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), Secretaria de Saúde e a Secretaria de Educação.

O projeto tem como objetivo principal orientar as crianças e adolescentes sobre a importância e finalidade do serviço SAMU - 192, esclarecendo sobre o uso devido de ligação ao auxílio e danos causados pelos populares "trotes", que acabam prejudicando outros atendimentos urgentes. O SAMU deve ser visto como recurso que atua em prol da preservação da vida. Muitas vezes, a chegada do SAMU e o atendimento correto dos profissionais salva vidas de quem está acometido por algum problema de saúde ou acidente.

Nas escolas, o trabalho é apresentado pela equipe do SAMU que orienta sobre a função do mesmo, importância da atuação correta em situação de risco, como proceder em relação aos primeiros socorros e forma de solicitação de ajuda. Os profissionais envolvidos com o projeto, enfermeiros, técnicos de enfermagem, socorristas e médicos buscam informar e conscientizar quento o assunto é a procura do auxílio à saúde.

O secretário de Saúde Emerson Magni explica que esse trabalho é de grande relevância por colaborar com o aprendizado e a conscientização dos alunos. “A secretaria da Saúde atua, com a meta de contemplar todas as faixas etárias e por isso executamos vários projetos junto com os serviços oferecidos. Ficamos felizes em ver o interesse dos alunos”, conclui.

Atualizados focos de Aedes aegypti em Osório
por Imprensa
Acessos: 57

A Vigilância Ambiental mantém as vistorias para identificação e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti no município
Durante o mês de maio e início de junho, houve incremento de focos devido ao descuido dos moradores que não eliminaram depósitos que acumularam água da chuva. E não foram poucos. De 10 de maio até agora foram encontrados mais 59 focos nos bairros urbanos, totalizando 152 focos, sendo pneus, vasos, pequenos recipientes plásticos os mais encontrados.

No RS, 358 municípios estão infestados, aumentando significativamente o risco de Dengue, Zika e Chikungunya.
Até dia 01/06/19, foram confirmados 806 casos de Dengue autóctones e 97 importados. Mais 06 casos de Chikungunya importados e 01 casos de Zika autóctone.

Na região litoral norte, são 10 municípios positivos: Osório, Santo Antônio da Patrulha, Torres, Tramandaí, Imbé, Capão da Canoa, Arroio do Sal, Cidreira, Três Cachoeiras e Mostardas.

Focos por bairro em Osório:
Sulbrasileiro - 29
Centro - 28
Primavera - 24
Caravágio - 22
Glória - 20
Albatroz - 13
Farroupolha - 7
Pitangas - 4
Porto Lacustre - 2
Vila Petrobrás - 1
Parque Real - 1
Bosque de Albatroz -1.

A população precisa fazer a sua parte, eliminando os locais que acumulam água, vedando caixas d'água, tratando e cobrindo piscinas, e principalmente aderindo a coleta seletiva do lixo, obedecendo os dias de atendimento ao seu bairro.