Turno estendido da saúde disponibiliza atendimento à noite
por Imprensa
Acessos: 132

O serviço ampliado iniciou na noite de segunda-feira, na ESF Atlântida Sul
Iniciou ontem (8/7), a partir de uma decisão do prefeito Eduardo Abrahão e do secretário da Saúde, Emerson Magni, o Turno estendido em Osório, ou seja, terceiro turno, nas Unidades de Saúde do município.

A iniciativa lançada para atender a população masculina, no Novembro Azul, deu tão certo que foi ampliada como uma opção a mais para os cidadãos que trabalham durante o dia e têm mais dificuldade para ir até as Unidades de saúde. A decisão de promover o Turno estendido foi tomada pelo prefeito Eduardo Abrahão e o secretário da Saúde, Emerson Magni devido a preocupação

O serviço ampliado iniciou na noite de segunda-feira, (8/7) na ESF Atlântida Sul, sendo que foram realizados 21 atendimentos. No Turno Estendido os cidadãos têm à disposição: consulta médica e odontológica, previamente agendada respeitando a área de abrangência de cada posto; consulta de enfermagem, coleta de preventivo de colo de útero, solicitação de mamografias, testes rápidos de Hepatite B, Hepatite C, Sífilis e HIV; procedimentos de enfermagem como curativos, aplicações, vacinas, pesagem do bolsa família.

O prefeito Abrahão salientou que o Poder Executivo tem atuado com a meta de cada vez, oferecer mais para a comunidade osoriense. “Trabalhamos sempre com o intuito de atender todas as áreas, sempre levando em conta que saúde, educação e desenvolvimento fazem parte do tripé de nossa gestão. Estamos fazendo os investimentos possíveis na área da educação, oportunizando melhorias e na saúde não está sendo diferente, o exemplo está no Turno Estendido. Apresentamos essa nova alternativa para que toda a comunidade possa acessar os serviços oferecidos na rede pública de saúde”.

O secretário Magni afirma que começou neste mês mais uma etapa do Turno Estendido que foi implantado no ano passado, com recursos próprios do Município. “O atendimento foi realizado ontem no Distrito de Atlântida Sul, hoje à noite será no bairro Laranjeiras e amanhã, no Posto Médico Central. O que iniciou para atender aos homens, no Novembro Azul, hoje é uma alternativa para toda a comunidade. É Osório saindo na frente e levando qualidade e serviços de Saúde para todos os seus moradores”, afirmou.

Com base num cronograma específico todas as unidades de Saúde de Osório serão contempladas com o Turno Estendido.

🔖 Confira o cronograma:

➡️ ESF Laranjeiras – dia 09 de julho, das 18h30min às 21h30min.

➡️ Posto Médico Central – dias 10, 17, 24, 31, das 18h30 às 21h30min.

➡️ ESF Primavera – dia 11 de julho, das 18h30 às 21h30min.

➡️ ESF Atlântida Sul – dia 29 de julho, das 18h30min às 21h30min.

➡️ ESF Aguapés – dia 30 de julho, das 18h30min às 21h30min.

🔖 Obs.:Toda a população osoriense pode procurar o Posto Médico Central “Dr. Flávio Silveira” para realização de vacinas, coleta de preventivo de colo de útero, testes rápidos de Hepatite B, Hepatite C, Sífilis e HIV.

Saúde divulga atualização de focos de Aedes aegypti
por Imprensa
Acessos: 98

Segue chamamento para cuidados em casas e empresa
A Vigilância Ambiental informa que foram encontrados novos focos de Aedes aegypti no bairro Sulbrasileiro.

Nas vistorias foram identificadas larvas em potes com água, plantas com água, piscinas sem tratamento e sem limpeza, objetos sem uso expostos à chuva. Todos em residências.

O litoral norte já apresenta 12 municípios positivos para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya: Osório, Tramandaí, Imbé, Cidreira, Santo Antônio da Patrulha, Capão da Canoa, Torres, Arroio do Sal, Três Cachoeiras, Mostardas, Xangri-lá e Terra de Areia.

Dois casos autóctones de Dengue foram registrados em Torres.

No RS há confirmação de 921 casos autóctones de Dengue, e 97 casos importados.
Quanto ao Zika, apenas um caso autóctone e 7 casos importados de Chikungunya.

Distribuição dos 172 focos por bairro:
Centro - 38
Sulbrasileiro -35
Primavera - 25
Caravágio - 22
Glória - 20
Albatroz - 13
Farroupilha - 7
Pitangas - 5
Porto Lacustre - 3
Vila Petrobrás - 1
Parque Real -1
Bosque de Albatroz - 1
Laranjeiras -1.

Prefeito Abrahão acompanha início do atendimento em Acupuntura
por Imprensa
Acessos: 94

Secretaria da Saúde iniciou hoje, (04/07) atendimentos em acupuntura no CER.
O Prefeito Eduardo Abrahão acompanhou hoje, (04/07) o início dos atendimentos em Acupuntura realizados pela Secretaria Municipal de Saúde. Como primeiro passo, as Acupunturistas Enfª Dai Lessa e a Fisiot. Fabíola Pinto, estarão atendendo os usuários com quadro de dor crônica, encaminhados pela rede municipal. Dentro da Acupuntura, serão utilizadas também: ventosaterapia, moxabustão, auriculoterapia e eletroacupuntura. Desde 2006 já existe a Política Nacional que regulamenta as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) no SUS. Em maio de 2018, o prefeito Eduardo Abrahão instituiu por ato público as PICS no município de Osório.
Os atendimentos serão realizados no CER – Centro Especializado em Reabilitação, no bairro Medianeira, todas as quintas-feiras.

"Usar remédios pra tudo e o tempo todo, nem sempre é a melhor opção", diz a Enfª Dai Lessa, que complementa: "a acupuntura tem resultado comprovado em muitas situações, sendo importante adjuvante nos tratamentos, principalmente no quadro de dores musculoesqueléticas – nos músculos, tendões, articulações e ossos de todo corpo –, que são as mais comuns na população". A Fisiot. Fabiola Pinto ressalta que a técnica, por meio das agulhas, estimula o próprio organismo a produzir substâncias analgésicas e tratar estas dores. Isso diminui a necessidade de remédios, responsáveis por tantos efeitos colaterais.

A acupuntura é uma tecnologia de intervenção em saúde que aborda de modo integral e dinâmico o processo saúde-doença no ser humano, podendo ser usada isolada ou de forma integrada com outros recursos terapêuticos. Originária da medicina tradicional chinesa (MTC), a acupuntura compreende um conjunto de procedimentos que permitem o estímulo preciso de locais anatômicos definidos por meio da inserção de agulhas filiformes metálicas para promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como para prevenção de agravos e doenças.

Melhorias para saúde de Osório são reivindicadas em Brasília
por Imprensa
Acessos: 110

Secretário Emerson reuniu-se com integrantes do Ministério da Saúde
O município de Osório está sendo representado em Brasília, no XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde. Na tarde desta terça-feira na 16ª Mostra Brasil, aqui tem SUS, será apresentado o Pró-Mamá, já premiado no Congresso do Cosems-RS.
O secretário Emerson Magni, aproveitando a viagem, está discutindo pautas de grande relevância para a saúde em Osório, como a habilitação do CER e abertura da UPA, situadas no mesmo complexo, entre Medianeira e Caravágio. Os assuntos foram tratados com o Secretário Executivo adjunto do Ministério da Saúde, Erno Harzheim nesta terça-feira.

“Além disso, pensando no melhor para Osório, buscamos interagir com as autoridades em prol de nossa cidade. Por isso, me reuni nesta manhã, com Erno Harzheim, secretário executivo adjunto do Ministério da Saúde. Dentre os assuntos debatidos, estava a habilitação do Centro Especializado em Reabilitação Físico, Auditivo e Visual - CER, no bairro Medianeira, para que os custos mensais, hoje bancados por meio da divisão dos municípios do Litoral Norte, possam ser custeados pelo Governo Federal. Falamos, ainda, sobre a abertura da UPA, que deve ocorrer no final deste ano”.

Emerson salientou que o secretário do Ministério da Saúde, se mostrou aberto ao debate e garantiu que irá acompanhar de perto as demandas de Osório. Lembrando que o município é referência hoje em Saúde.